11 de nov de 2011

4 O Mar das Estrelas Cadentes


  Diz a lenda que, depois de ver uma estrela cadente, uma garota fez um pedido diferente. Não pediu riquezas, amor, sorte, saúde ou algo assim. Tudo que pediu foi ter a chance de saber para onde vão as estrelas cadentes.
  Ao ver a estrela se perder na imensidão do céu da noite, a menina começou a acreditar que nunca realizaria seu pedido. Já estava desanimada quando um estranho raio de luz brilhou no alto de sua cabeça. Ao levantar os olhos para ver do que se tratava, aquele mesmo raio cegou-a temporariamente, fazendo com que a menina caísse no chão desorientada.


  Quando recuperou sua visão, a pequenina percebeu que estava num lugar que nunca vira antes, nem mesmo em sonhos. Parecia uma especie de mundo azul. Talvez uma outra dimensão. As gramas eram de um tom perto do azul claro, e balançavam com o vento delicado. O céu era azul escuro, e no centro daquela imensidão brilhava uma linda lua azul, levemente prateada. As árvores tinham seus troncos azul marinho e suas folhagens eram num tom muito claro de azul que às vezes até parecia branco. Mas estava tudo deserto, parecia que quem quer que estivesse morando ali, abandonara tudo.
  Andando pelo lugar, ela pôde ouvir um barulho estranho vindo da árvore próxima de onde ela estava. Quando olhou fixamente, percebeu que havia algo suspenso em um dos galho. Era uma estrela. Num piscar de olhos, aquele brilho da árvore começou a cair e a menina podia ouvir o grito de socorro da estrela. Correu até a árvore e com muito reflexo, conseguiu segurar a pequena estrela para que ela não se machucasse.
- Peguei você, pequena estrela, está tudo bem agora. Você está machucada? - Disse a menina para o brilho em suas mãos.
  Quando levantou os olhos, percebeu que muitas outras estrelas começaram a aparecer, assustadas, da onde estavam escondidas, algumas em arvores, outras em buracos, todas olhavam para a menina e a estrela em seus braços. Uma a uma foram se aproximando lentamente da garota, como se ela fosse algum tipo de ameaça que deveriam enfrentar, mas ao verem que não machucaria ninguém, perceberam que não era uma ameaça e sim uma amiga, e começaram a se animar. Uma das estrelas tomou a frente:
- Quem é você? O que faz no mundo das estrelas?
- Vocês falam?
- Responda minha pergunta, intrusa!
- Ah! Eu sou uma humana, fui trazida pra cá com um brilho de suas estrelas depois de ter feito um pedido à uma estrela cadente.
- Pedido? Estrela Cadente? Que pedido você fez? 
- Eu queria saber para onde vão as estrelas cadentes.
- Então você é uma realizada?! - Disse o brilho falante, assustado.
- Do que está falando? - Perguntou confusa.
  Sem responder nada, a estrela falante começou a ir em direção a um lindo mar prateado. A menina a seguiu curiosa. O mar era lindo, brilhava como todas as estrelas que estavam naquele mundo. Então a falante virou-se para a garotinha e disse:
- Este é o Mar das Estrelas Cadentes. Toda estrela que realizam um pedido, vem para este lugar, pois sua missão no mundo já está completa, e aqui descansam por toda eternidade. A estrela que realizou seu pedido te trouxe pra cá e agora está descansando neste mar, você é uma realizada, pequenina.
- A estrela que realizou meu pedido está aqui? Eu posso falar com ela?
- Creio que não, está misturada junto com outras estrelas, como uma gota num imenso mar.
  Sem dizer nenhuma palavra, a menina se aproximou do Mar brilhante até que ficasse a poucos centímetros da água. Fechou os olhos e deixou que seu coração lhe inspirasse:
- Olá estrelas cadentes que aqui descansam, sei que estarei perturbando-as com minha voz, mas venho apenas agradecer a uma de vocês que me trouxe até aqui. Não sei quem ela é, mas sou eternamente grata à ela. Sei que eu nunca teria outra chance dessa na vida, então eu agradeço de coração à brilhante que fez com que meu pedido se realizasse, pois ela me ensinou a não desistir dos meus sonhos.

4 (Ins)Pirações:

Sandro Honorato

Olá :)
Bela história *-*
Adoro seus textos...nos faz imaginar ali na história,sabe?rsrs

Beijos e um excelebte feriado

Jéssica de Souza

Amei a história, muito linda e inspiradora!
Beijos flor.

Thatiele

ooooi , ja estou seguindo, segue tbm , bjs , amei seu blog

http://tpmeninas2011.blogspot.com/

O lugar certo

Oi, adorando as histórias daqui, mas queria saber se posso copia-las e colocar no meu blog, se permitir a cada postagem eu dou os créditos para esse blog no final. ^^

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...